“Um dia de domingo”

A jovem Gal Costa em 1968 (Foto: J. Ferreira da Silva)

A jovem Gal Costa em 1968 (Foto: J. Ferreira da Silva)

Gal Costa "Bem Bom"Mais uma obra-prima da dupla de compositores Michael Sullivan e Paulo Massadas, e mais um dueto de sucesso. Dessa vez a parceria foi com Gal Costa. “Um Dia de Domingo” saiu no álbum “Bem Bom” da cantora, de 1985, e entrou definitivamente para o repertório nacional de músicas românticas:

Livro "Vale Tudo"Mais uma vez recorremos ao livro de Nelson Motta para saber como foi a gravação:

“Com um soberbo arranjo de Lincoln Olivetti, Tim gravou ‘Um dia de domingo’ e a fita foi levada para Gal ouvir e gravar a sua voz. (…) Era um assombro, o homem barbarizava, a música podia até ser chamada de brega, mas era linda (…) Depois de várias audições, Gal sentiu que a tonalidade estava um pouco baixa para sua voz, que poderia cantar mais confortavelmente meio tom acima. (…) O abacaxi eletromusical caiu na estrada do Guerenguê, no colo de Lincoln Olivetti. Não havia mais tempo para juntar a banda e gravar na nova tonalidade. Regravando a fita em velocidade um pouquinho mais rápida, o bruxo subiu a banda até o exato tom que Gal queria e a voz de Tim foi junto, soando ainda mais brilhante. Os agudos cristalinos de Gal encheram o estúdio (…) Tim só saiu da sala de mixagem quando conseguiu que na edição final a sua voz ficasse um pouquinho mais alta que a de Gal, ainda que para isso o som da gravação inteira distorcesse, como advertia o técnico, vendo estourar o medidor de volume. (…) A gravação ficou lindíssima, a mixagem perfeita, as vozes eram ouvidas em equilíbrio, com interpretações arrebatadoras. No fim da tarde, quando acordou, Tim ouviu e aprovou a mixagem final.”

Veja um trecho do programa “Arquivo N – Tim Maia” (Globo News) onde Gal Costa explica porque não gravaram o vídeo para o Fantástico: http://www.youtube.com/watch?v=dxkrYUsu-sA&t=20m55s

Não gravaram juntos, não fizeram o vídeo-clipe e nunca cantaram a música juntos em um show. O único registro da dupla junta é no “Cassino do Chacrinha” (TV Globo) em playback:

michael-sulivanSullivan compôs “Um dia de domingo” para Gal Costa, mas já pensava na voz de Tim. Ele contou para a revista Rolling Stones como conheceu Sebastião Rodrigues Maia:
“Eu, com 16 anos, recém-chegado no Rio, vindo de Pernambuco, estava na Tijuca ensaiando com minha banda, Os Nucleares, que tinha o saxofonista Tinho [Martins] como arranjador de metal. Nós gravamos pela antiga RCA Victor e, então, o Tim nos procurou para ensaiar algumas músicas dele, que tinha composto com Cassiano, e outras só da autoria dele, para tentar mostrar numa gravadora, pois ninguém conseguia entender o trabalho dele. Foi aí que ele me ensinou a soul music de fato, a levada toda, os acordes para composição, e me presenteou com meu primeiro instrumento musical – um violão, com o qual componho até hoje”.

Já seu parceiro de composição, Paulo Massadas, está até hoje com processo na justiça contra a produtora que era de Tim Maia “Seroma Produções e Edições Musicais” por inadimplência no pagamento dos direitos autorais.

Na discografia Maia, a canção só entra nos trabalhos ao vivo (“Ao vivo”, “Ao vivo II” e DVD “Ensaio”), confira:

1992“Ao vivo”:

Tim Maia - 1998 - Ao vivo II2001 - DVD Tim Maia Ao Vivo Pra Sempre

1998“Ao vivo II” e DVD “Pra sempre”:

2005 - Tim Maia - "Programa Ensaio 1992"2005“Programa Ensaio – 1992″:

Veja uma palhinha de Tim no programa “Sem Censura” (TV Brasil) de 13/02/97: http://youtu.be/bTabQeNNNuw?t=7m34s

E não é só no Brasil que essa música fez sucesso, “Um dia de domingo” se alastrou pela América Latina e por países de língua portuguesa. Veja os argentinos cantando a parte do Tim Maia no show da Gal Costa, em 1990:

Atualmente, o público vai ao delírio quando Gal Costa imita o jeito e o vozeirão de Tim:

1998, ano fatídico, Gal Costa se despede com essa música: http://youtu.be/0vSiJqphtj4?t=3m27s

Na coletânea “Soul Tim – Duetos” de 2004, tiraram Gal Costa e colocaram o grupo vocal Fat Family:

Letra:

“Eu preciso te falar
Te encontrar de qualquer jeito.
Pra sentar e conversar
Depois andar de encontro ao vento.

Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol que te bronzeia
Eu preciso te tocar
E outra vez te ver sorrindo
E voltar num sonho lindo

Já não dá mais pra viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo.

Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar por conta da emoção
Faz de conta eue ainda é cedo
E deixa falar a voz do coração”

Outras versões:

Michael Sullivan

Rosana e Rodrigo

Celso Fonseca e Ana Carolina

Só pra Contrariar

Roberta Miranda

Tiê e Filipe Catto

Chiclete com Banana

Demônios da Garoa

Vanusa

Ivete Sangalo

Daniel

Downloads:
1992 – Tim Maia – “Ao vivo”;
1998 – Tim Maia – “Ao vivo II”;
2005 – Tim Maia – DVD “Programa Ensaio – 1992″.